• Guto Martinez

Ca'del Profeta: uma nova paixão

Atualizado: 26 de Jul de 2019

Do Recife para o Piemonte, Hernanes empresta apelido à sua vinícola


O futebol é um dos esportes que mais produz celebridades no Brasil, muitos dos quais acabam seguindo carreira em grandes clubes da Europa - e isso não é novidade. Mas um jogador brasileiro que se descobre apaixonado por vinhos comprar sua própria vinícola numa das regiões mais tradicionais do mundo, isso sim é inédito!


O jogador responsável por esta façanha é Anderson Hernanes de Carvalho Vianna Lima, mais conhecido apenas como Hernanes, e que atualmente defende a equipe do São Paulo. O jogador afirma que essa nova paixão começou com uma pequena adega de 25 garrafas, que rapidamente passou para 220, e por fim chegou a um terroir.


Os vinhos produzidos na região de Asti, no Piemonte, despertaram o interesse do jogador após uma passagem por três equipes italianas, sendo uma delas a Juventus, time da capital piemontesa de Turim. A vinícola ainda teve auxílio de Paolo Coppo para desenvolver seus vinhos, e conta com o apoio do antigo proprietário nos momentos em que está dedicado ao futebol.


A vinícola em si ainda está em construção e deverá ficar pronta em um ano aproximadamente, mesmo o jogador já tendo adquirido a propriedade em 2015 (graças à burocracia italiana) e no complexo também ficará aquela que será a casa do jogador - agora produtor.


O nome da vinícola Ca'del Profeta, inclusive, vem do apelido do jogador (o profeta), que já imprimiu um pouco do seu gosto pessoal à produção: ele retirou as vinhas de Dolcetto, por ser um vinho que não é da sua preferência, sendo que hoje os 4,5 hectares possuem vinhas de Barbera, Grignolino e Brachetto, com planos de plantar também a Nebbiolo.


Uma vinícola com essa história já pode ser considerada um achado histórico, por ter entre seus proprietários um jogador de futebol brasileiro que, encantado com a riqueza cultural da Itália, resolveu fincar ali suas raízes, e imprimir seus talentos também à produção vinícola local. Isso sim que é uma grande jogada!


Notas de Degustação


Grignolino D'Asti Saudade

Vinificado com maceração com as cascas por três dias seguido de fermentação com temperatura controlada, possui coloração rubi translúcida límpida. No nariz, ressaltam-se os aromas de frutas vermelhas (cereja e framboesa) com notas florais, especiarias no fundo (embora não passe por madeira). A boca tem frescor e equilíbrio, com taninos muito finos e boa persistência. Ótimo para o verão!

Preço: R$ 130


Barbera D'Asti DOCG

De coloração rubi violáceo, possui aromas de frutas vermelhas e negras frescas (cerejas, amora), ligeira nota de pimenta preta. A boca reflete o frescor, com equilíbrio e elegância. O gosto pessoal do produtor se reflete na sequência de vinhos, que tendem mais à concentração de frutas e frescor em boca, que, aliado a boa persistência, resulta num vinho de paladar vivaz.


Piemonte Brachetto Regalo DOC

A coloração rubi transparente com ligeiro violáceo mostra na taça borbulhas rápidas, perceptíveis também no paladar. O nariz traz rosa mosqueta e lichia, e o paladar traz algum frescor que acompanha o açúcar, num final que lembra especiarias. Muito saboroso!

Preço: R$ 97



Os vinhos podem ser encontrados na Casa do Porto, localizada na Alameda Franca, 1225 - Jardim Paulista, em São Paulo.

34 visualizações

©2019 by Vinho e Gastronomia. Proudly created with Wix.com