• Guto Martinez

Chakana Andean Wines: Vinhos para o futuro

Mais que inspiração, cuidado com a natureza é objetivo concreto da vinícola


A produção vinícola argentina é dominada por imensos produtores, mas diversas empresas familiares também fazem um trabalho exemplar: é o caso da Chakana Andean Wines, que foi fundada em 2002 com a intenção de fazer vinhos autênticos, feitos de uva e nada mais.


A Chakana, também chamada de cruz andina ou cruz quadrada e que inspira o nome dessa vinícola, é um símbolo cósmico encontrado em Macchu Picchu que representa, no universo da cultura andina, a busca pelo mundo superior. Para a vinícola, este símbolo traduz seu compromisso com a busca para extrair o máximo da elegância de terrenos localizados aos pés dos Andes, com a melhor expressão do terroir de Mendoza, com a mínima intervenção humana possível.


Para chegar no melhor resultado, a primeira pergunta feita pelos fundadores da vinícola foi: que método utilizamos para fazer os vinhos? O método convencional, segundo eles, está matando a terra com pesticidas e agroquímicos, tornando a comida cada vez menos nutritivas. A solução foi a volta à agricultura orgânica e biodinâmica para nutrir a planta e o solo. A padronização esperada pelo mercado, que consome em grandes escalas e espera ter sempre um produto semelhante, também é atingida porque o solo está saudável, dando à planta sempre o melhor para se desenvolver, e sempre em equilíbrio com o seu próprio ciclo natural.


A vinícola tem a Intenção de converter e certificar todos os vinhedos para produção orgânica e biodinâmica - na verdade, todos os 150 hectares de vinhedos já foram convertidos em orgânicos e a utilização de agroquímicos foi abolida, mas a certificação, processo mais custoso, ainda não foi finalizada.


O resultado são vinhos muito autênticos, com identidade própria e características únicas em muitos casos, mas mesmo assim vinhos que permitem identificar os elementos típidos das uvas, com muita qualidade e sabor. Vinhos para conhecer, degustar e aproveitar sempre!


Notas de Degustação


Nuna Vineyard Brut

Elaborado em método Charmat com 60% Sauvignon Blanc e 40% Chardonnay, é um espumante fresco e aromático, saboroso e vibrante na boca.


Chakana Estate Selection Torrontés Maceración Prolongada

O método de produção desse vinho, de maceração prolongada em contato com as cascas e fermentação em barricas e ânforas, classifica este como um vinho laranja. É um vinho totalmente distinto, com aromas de lichia, rosa mosqueta, jasmim e casca de laranja em compota. A boca é bastante viva, com acidez elevada, intensidade de sabores, nota mineral pronunciada e final bem floral, elegante. O contato com as cascas confere até um pouco de taninos, algo incomum num vinho dessa variedade - mas comum quando se trata de um vinho laranja. Uma quebra de paradigma!


Sobrenatural Bonarda

Um varietal dessa uva imediatamente remete aos vinhos de garrafão, mais simples e frutado, e a Chakana respeita a natureza dessa uva ao fazer um vinho simples, agradável e com alguma potência - algo abaixo da Malbec, mas ainda na mesma linha.


Sobrenatural Frisante

Feito com Bonarda em cubas de inox, acrescenta a sensação gaseificada ao vinho, o que também ressalta a sensação de frescor - semelhante aos bons Lambruscos (aqueles sem açúcar). O gás, no caso, atua como um preservativo natural, e vem de uma segunda fermentação espontânea que ocorre na garrafa. É um vinho simples, agradável e que traz a sensação de vivacidade que a vinícola busca.


Sobrenatural Tannat

A Tannat, que na Argentina é usada para dar intensidade, aqui aparece numa combinação vibrante de solos profundos, produção natural e estágio de 4 meses em barris de segundo uso. O resultado é um vinho mais complexo, com frutas negras e tostados, notas minerais marcantes, pimenta preta. A boca é equilibrada em sua intensidade, com taninos bem marcantes, e um final delicioso que lembra amêndoas tostadas. Uma preciosidade!


Ayni Malbec

Uva ícone da região, eate vinho é oriundo de uma única parcela de Paraje Altamira. Traz aromas muito mais voltados às frutas frescas, com mineral e notas delicadas de especiarias, mas na boca revela mais intensidade e potência, com boa acidez, taninos bem marcantes. Um vinho único!




A importação dos vinhos da Chakana Andean Wines é feita pela La Pastina.

0 visualização

©2019 by Vinho e Gastronomia. Proudly created with Wix.com