top of page
  • Foto do escritorGuto Martinez

Trufas negras chilenas já no Brasil

Com qualidade surpreendente, país começa a exportar iguaria

Azeite, salmão, vinho, frutos secos: estes produtos da enogastronomia mundial são facilmente identificáveis com países europeus, mas que já encontram produção no Chile, um país de condições geográficas e climáticas que flutuam entre extremos. Pois a novidade é que o diamante da culinária mundial agora também é produzido por lá: as trufas negras.


O cultivo do fungo mais valioso do mundo é realizado no Chile de acordo com técnicas avançadas, que consideram a qualidade do solo, que é preparado para a produção; da vegetação que será usada de base na produção; do clima na região de cultivo; e dos cães adestrados com a finalidade única de encontrar as trufas sem que haja dano ao produto.

O resultado observado não poderia ser melhor: as trufas demonstradas pela Associacion Truficultores de Chile (ATCHile, www.atchile.cl) têm dimensões surpreendentes, e possuem todas as características de suas contrapartes europeias.


Utilizadas principalmente na alta gastronomia, tanto no preparo quanto na finalização dos pratos, as trufas chilenas garantem grande complexidade olfativa e de sabores, permitindo que sejam aproveitadas numa variedade imensa de receitas.


A chegada da iguaria a São Paulo não foi por acaso: como uma das grandes mecas da gastronomia mundial, a cidade ainda é beneficiada pela proximidade geográfica com as regiões produtoras de trufa no Chile, permitindo uma maior popularização deste produto, comumente associado à exclusividade e ao luxo.


A novidade já pode ser apreciada em restaurantes paulistanos, aliás: a Tartuferia San Paolo, casa especializada de propriedade dos sócios Lalo Zanini e Carlos Claro com dois endereços na cidade, já utiliza o produto chileno. Os restaurantes também são uma ótima experiência para quem tem curiosidade de saber como este ingrediente interage com a nossa culinária e com pratos tradicionais, já que é possível encontrar desde um delicioso pão de queijo com requeijão trufado até a sobremesas aromatizadas, como o crême brulée de chocolate.


A qualidade das trufas negras chilenas demonstra que nada é impossível quando se alia uma boa técnica com a vontade de produzir o que há de mais exclusivo e requintado no mundo, garantindo uma produção de altíssimo valor agregado e, de quebra, popularizando um dos produtos mais apreciados pelos amantes da boa comida!

118 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page