• Guto Martinez

Museu da Moda e dos Têxteis é passarela para a moda portuguesa

WOW tem museu dedicado à moda portuguesa e apresenta todas as nuances da arte de tecer em um encontro entre passado, presente e futuro

Os fashionistas e interessados na história da moda têm um novo destino imperdível na região do Porto, em Portugal. O Museu da Moda e dos Têxteis, um dos sete museus do WOW, o fabuloso quarteirão cultural localizado no coração do centro histórico de Vila Nova de Gaia, é a representação perfeita do tema que habita o espaço: a tradição do passado reinventada para o futuro.


Os nomes mais importantes da moda portuguesa estão no Museu da Moda e dos Têxteis

Alojado em um edifício histórico que data do século XVIII e inclui uma capela do arquiteto Nicolau Nasoni, cujos afrescos foram restaurados recentemente, o museu divide-se em duas partes distintas. A primeira traça a história da indústria têxtil de Portugal e destaca a importância do setor no desenvolvimento da zona norte do país e da economia nacional. O destaque fica para o passo a passo da criação de tecidos, desde o processamento da matéria-prima até os acabamentos. A segunda parte do museu é passarela para a moda portuguesa, para o calçado nacional e para a arte da filigrana, uma técnica milenar da ourivesaria que utiliza apenas fios muito finos de ouro ou de prata e faz parte do DNA da moda portuguesa desde os anos 80 até a atualidade em vestidos de noiva tradicionais e, ainda, em trajes folclóricos.



A ourivesaria utiliza fios muito finos de ouro ou de prata e está no DNA da moda portuguesa

Dentre os quase 20 designers portugueses com peças expostas no museu, dois chamam a atenção por já terem esbarrado na moda brasileira. A designer Ana Salazar, considerada pioneira na moda portuguesa, já desfilou sua marca na São Paulo Fashion Week e flertou com o mercado nacional marcando presença em diversos showrooms. Outro nome forte da moda lusitana, Mário Matos Ribeiro, dividiu seus conhecimentos e experiências em aulas de desenho de moda para alunos de USP. Vale salientar que o tour pelo Museu da Moda e Têxteis é uma caixinha de surpresas e ainda traz uma exposição de fotos, objetos de época e uma sala dedicada à descoberta dos principais materiais usados pela indústria da moda como o algodão, o linho e o couro. O futuro da indústria têxtil também é explorado em uma exposição de materiais tecnológicos como, por exemplo, um tecido que usa cortiça na composição para um efeito emborrachado. “Os sete museus do WOW representam o que de melhor é produzido em Portugal, tendo sempre como fio condutor a história do país. A moda portuguesa é mundialmente reconhecida pela qualidade da mão-de-obra, das matérias-primas e produtos. Queremos evidenciar o talento português, de criadores já conceituados a novos talentos”, pontua Adrian Bridge, CEO do WOW.


O desfile de sabores no Mira Mira sugere menu compartilhado

Ainda para completar essa rica experiência, o WOW alojou um restaurante no mesmo edifício do Museu da Moda e dos Têxteis, o Mira Mira. O point é um verdadeiro mirante sobre Gaia, o Rio Douro e a Ribeira do Porto e promete desfilar sabores e texturas elaborados com especial atenção ao equilíbrio nutricional – saudáveis, saborosos e nutritivos.

Sobre o WOW

O WOW - World of Wine é um novo quarteirão cultural da região do Porto, Norte de Portugal. É constituído por sete museus, doze restaurantes/bares, lojas, uma escola de vinho, um espaço para exposições temporárias e uma galeria de arte. Está situado na margem sul do rio Douro, em Vila Nova de Gaia, e oferece uma vista avassaladora sobre a cidade do Porto e a Ponte Luís I. Foi inaugurado em julho de 2020 a partir da requalificação de antigas caves de vinho do Porto, que ganham assim uma nova vida ao serviço da cultura e da tradição do Porto e da região Norte de Portugal. O projeto de 55 mil metros quadrados tem como missão revelar o fator WOW da cidade e nasce da ambição de aumentar a capacidade de atração turística da região norte do país. O WOW compila a história, a magia e as emoções por trás do vinho português, do ritual dos copos e da indústria da cortiça. Mas vai além e acrescenta à fórmula a história do Porto e o que de melhor se faz no norte de Portugal, como os têxteis e a moda. E não falta a componente gastronômica: há diferentes conceitos de restaurantes, bares e cafés para descobrir no local. Saiba mais em https://wow.pt/pt

15 visualizações

Posts recentes

Ver tudo