• Guto Martinez

Symington Family Estates conquista o Douro

Família liderada por Dominic Symington é o maior nome da região


Por Guto Martinez


Desde o séc XIX, a família Symington está ligada ao comércio de vinho do Porto, mas hoje eles são também os maiores proprietários de vinhedos finos da região, com 1065 hectares divididas em 27 propriedades. O domínio, contudo, não quer dizer que a Symington Family Estates não tenha vontade de crescer ainda mais.


Uma das mais antigas regiões viticolas do mundo, o Douro representa 51% da região produtiva em montanha do mundo, e também é uma das mais diversas: produz o Porto (fortificado), grandes tintos e também brancos de competência. Em breve, também um novo projeto no Alentejo vai acrescentar mais uma casa ao portfólio familiar: foi adquirida uma quinta localizada no Parque Natural da Serra de São Mamede, região que possui as maiores altitudes ao sul do Tejo - uma especialidade da família Symington.


Dominic (leia mais sobre ele aqui) e seu irmão Paul (Homem do Ano 2012 para a Decanter) são responsáveis por uma modernização dos vinhedos da família, tendo em 1960 já iniciado o controle da temperatura na fermentação. Esta modernização, aliada a um cuidado artesanal impecável, resulta numa sequência de prêmios que comprovam as escolhas. Entre as principais, seu Dow's Porto Vintage 2011 foi escolhido o Vinho do Ano de 2014 pela Wine Spectator, com o Chryseia 2011 (Douro) na terceira posição da mesma lista, um feito do qual poucos produtores podem se orgulhar.


Entre as linhas de vinhos da Symington, algumas podem ser consideradas verdadeiros achados: em degustação realizada em São Paulo na presença de Dominic, foram apresentados os vinhos da Altano, de qualidade compatível com os melhores vinhos do Douro, e de valor muito mais acessível para o nosso mercado. Confira as nossas impressões dos vinhos.


Notas de degustação


Altano Branco 2017

Malvasia Fina, Viosinho, Rabigato e Moscatel Galego. O perfil aromático remete a flores brancas e frutos cítricos e tropicais frescos, com leveza. A boca é seca, limpa, refrescante, como se pedisse sempre uma nova taça.

US$ 24.50


Altano Reserva Branco 2016

Viosinho, Arinto e Gouveio. Nariz com Frutas caramelizadas, casca de laranja, baunilha, expressivo nos aromas. A boca tem um bom volume, com corpo, mas a acidez o mantém refrescante, com presença da madeira mas sem que haja um domínio. Final ligeiramente salino, o que complementa seu potencial gastronômico.

US$ 52.50


Altano Tinto 2015

Tinto Roriz, Touriga Franca, Tinta Barroca. De coloração rubi-violeta intensa, os aromas passam por frutas vermelhas frescas, flores e minerais. A boca é fresca e saborosa, com alguma persistência e equilíbrio. Ótimo na sua faixa de preço.

US$ 23.90


Altano Reserva Tinto 2013

100% Touriga Nacional, passa de 8 a 10 meses em carvalho americano. As frutas mais negras são acompanhadas de aromas de couro, baunilha, coco queimado, trufas, complexidade. A boca tem boa presença de taninos e acidez elevada, muito saboroso com presença de boca bem marcante. Um vinho que representa a qualidade do Douro, ainda acessível.

US$ 52.90


Prazo de Roriz 2015

Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Tinta Cão. Os aromas puxam ligeiramente aos do Porto, mas ainda muito frescos. A boca traz intensidade, picância, volume e persistência, com taninos marcados e aveludados, pura elegância. A casa recomenda beber jovem, embora com potencial para envelhecer.

US$ 44.90


Post-Scriptum 2016

Touriga-Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz. Feito como o "segundo vinho" da Prats + Symington (o primeiro é o grande Chryseia), traz elegância, robustez e complexidade no nariz, com frutas vermelhas e negras ligeiramente maduras aliadas a florais delicados, mineralidade, pimenta preta. A boca reflete a mesma elegância e intensidade nos taninos e acidez, ótima persistência e um final saboroso, limpo. É tido por Dominic Symington como o melhor custo-benefício do Douro, com toda a razão.

US$ 72.90


Graham's 10 Years Old Tawny

Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Barroca, Tinta Roriz e outras. Aromas de figos secos, alguma fruta fresca, caramelo, tabaco já aparecendo. A boca traz níveis equilibrados de açúcar, acidez e álcool, com um tanino perceptível. Um sabor persistente e muito refinado, que reflete os mais de 300 anos de conhecimento.

US$ 68.90


A importação e vendas ficam a cargo da Mistral, mas os vinhos da Symington podem ser encontrados em diversas redes e restaurantes.



12 visualizações

©2019 by Vinho e Gastronomia. Proudly created with Wix.com