• Guto Martinez

Viña Concha y Toro certifica seu laboratório de pesquisa para diagnóstico do COVID-19


Além de certificar seu laboratório de biologia molecular para a detecção do COVID-19, a Viña Concha Y Toro transferiu equipamentos para outras instituições para aumentar sua capacidade de diagnóstico. Além disso, doará 50 mil litros de álcool gel e desinfetante.





(Santiago, 30 de abril, 2020) - Dada a complexa crise da saúde no Chile e no resto do mundo, a Viña Concha y Toro realizou duas grandes iniciativas que fazem parte de sua contribuição ao Fundo Privado de Emergência em Saúde, promovido pela Confederação de Produção e Comércio (CPC).

O laboratório de biologia molecular do Centro de Pesquisa e Inovação (CII) de Viña Concha y Toro foi certificado pelo Laboratório de Pesquisa Biomédica da Universidade Católica de Maule (UCM) para operar sob a dependência do Serviço de Saúde Maule e realizar testes para a detecção de SARS-Cov2 ou COVID-19, como parte da rede de laboratórios articulados pelo Ministério da Ciência, Inovação, Conhecimento e Tecnologia.

Os recursos do laboratório de biologia molecular da CII destacam-se pela robotização e automação de seus processos, incluindo, entre outros, um equipamento Hamilton Microlab STARLet que processa 2.300 amostras diariamente e um qPCR Thermofisher QuantStudio 5 com capacidade de diagnóstico de 768 amostras por dia.

Eduardo Guilisasti, gerente geral da Viña Concha y Toro, explicou que “queremos aproveitar para usar nossa capacidade de colaborar,  para superar conjuntamente essa crise, apoiando a prevenção e o diagnóstico precoce. Como parte de nossa contribuição para o Fundo Privado de Emergência em Saúde, juntamente com a doação de álcool em gel às autoridades, também disponibilizamos equipamentos de ponta e nossa equipe de profissionais do Centro de Pesquisa e Inovação. "Esse marco completa uma primeira etapa que também incluiu a transferência de equipamentos para extração de RNA para a UCM e o Hospital de Talca”, acrescentou.

Esta entrega inclui um gabinete de biossegurança nível 2 ESCO SC2-4E1 e a máquina MagMAX Express 96 Purification System que oferece a possibilidade de quadruplicar a capacidade de extração de amostras por dia, além da doação de kits de purificação para realizar 1.500 extrações de ARN e participação como consultores em equipes de trabalho coordenadas pela autoridade. 

"Em tempos de crise, esse tipo de colaboração reafirma o significado mais profundo da aliança público-privada-acadêmica, que é o bem comum e a prosperidade do nosso país. Quero agradecer ao Ministério da Saúde, Ciências, UCM e a cada um de nossos colaboradores por nos permitir tornar isso possível ", afirmou Gerard Casaubon, diretor do Centro de Pesquisa e Inovação da Viña Concha y Toro. 

Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia, Conhecimento e Inovação, Andrés Couve, destacou que a comunidade científica organizada hoje contribui para o trabalho essencial de combate a essa pandemia : “Graças à atuação de 5 escritórios regionais do Ministério da Ciência, em coordenação com equipes do Ministério da Saúde, do Instituto de Saúde Pública e da generosidade da sociedade científica, das comunidades acadêmicas e do mundo privado, hoje nosso país se destaca por a capacidade de diagnóstico do COVID-19 de maneira articulada e descentralizada”, disse.

Além do exposto, a Viña Concha y Toro fará uma doação de 50 mil litros de álcool gel e desinfetante em diferentes formatos, o que permitirá alcançar pessoas e organizações que o necessitem. Entre eles, a rede de laboratórios de diagnóstico COVID-19, redes de saúde do Ministério da Saúde e comunidades. Destes, 40 mil litros correspondem ao álcool gel fabricado com álcoois da empresa através da Winkler e 10 mil litros de desinfetante fabricados na planta de Lontué em Viña Concha y Toro e que serão entregues ao escritório de administração da região de Maule para distribuição local.

30 visualizações

©2019 by Vinho e Gastronomia. Proudly created with Wix.com